Coordenação do Siminina trabalha em planejamento para atividades em sistema híbrido

Cerca de 1,6 mil meninas - de seis a 14 anos - são atendidas

Coordenação do Siminina trabalha em planejamento para atividades em sistema híbrido

Com a retomada das aulas na rede municipal de ensino por meio do sistema híbrido, o programa Siminina trabalha na construção de um novo planejamento para iniciar as atividades de forma gradativa e, seguindo as medidas de biossegurança, nas 17 unidades existentes na capital. Na manhã de quarta-feira (17), um grupo de monitoras participou de uma reunião com esse objetivo. O encontro foi realizado no bairro Morada do Ouro, onde está a sede do programa.

O Siminina  - mantido pela Prefeitura de Cuiabá - atende a um total de 1,6 mil meninas na faixa etária entre 6 e 14 anos e conta com o acompanhamento da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro.

Nos últimos meses, mediante a pandemia do coronavírus e os decretos municipais, a alternativa aplicada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência foi a oferta de suporte educacional online.

Os conteúdos foram elaborados seguindo rigorosos critérios – de acordo com a faixa etária das meninas.

Para as próximas semanas, as ‘simininas’ irão dar início a uma nova rotina intercalando as atividades presenciais e online.

“Teremos que nos adequar com esse novo normal. Uma das estratégias, será a divisão por grupos, reduzindo a quantidade de alunas nas atividades presenciais e seguindo as medidas de biossegurança evitando a proliferação do Covid-19. Todas serão atendidas, mas com atividades online e presenciais”, explica a coordenadora do Programa Siminina, Dalma Monteiro.

Ela reforça ainda, outro fator que merece atenção e cuidado é relativo a permanência dessas meninas nas atividades de formação. Estima-se que 20% das atendidas deixem de frequentar as atividades, por receio diante do novo coronavírus.

“Por isso, as monitoras têm como obrigação, investir em formas muitas vezes consideradas rígidas, mas necessárias frente a esse cenário. Teremos uma grande força-tarefa para buscar retomar a rotina de trabalho, mas seguindo ao sistema híbrido. Só a rotina que vai nos mostrar a verdadeira realidade, a consequência do ano de 2020 em razão da pandemia e do isolamento social”, declarou Dalma.

Ela reforça ainda que “as nossas meninas precisam compreender que serão acolhidas nesse retorno, com todo amor, carinho e dedicação. Vocês são excelentes profissionais, capacitadas e muito dedicadas. É hora de acalmar os corações para que as nossas meninas tenham segurança em vocês. Sabemos que não será fácil, mas estamos prontos para tentar minimizar os eventuais problemas”.

SIMININA- O programa Siminina prepara meninas de 06 a 14 anos para um futuro em que elas sejam as protagonistas de suas histórias. Atividades lúdicas e desafiadores têm levado as pequenas participantes a se descobrirem de diversas formas, a partir da valorização da beleza particular de cada uma, bem como dos sonhos que almejam conquistar já na vida adulta.

O Siminina oferta atividades como aulas de inglês, balé, reforço escolar, cuidados médicos e psicológicos reforçados e

Também a entrega de óculos.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

18/02/2021

Compartilhar